LIVRO DE VISITAS - ASSINE POR FAVOR

terça-feira, 19 de março de 2013

A BUSCA DO FOGO INTERIOR, NOVO PARADIGMA CIVILIZACIONAL


Por Irm.´. Luis Genaro Ladereche Fígoli (Moshe)


Creio que o ser humano é dominado por um fogo interior. É o que os místicos chamam o nascimento de Deus na Alma humana. A descoberta deste fogo se dá, nas dobras do cotidiano da vida humana, não apenas no arrebatamento místico e não só na contemplação. A vida é generosa e toda a existência humana é animada por este fogo. A tarefa do pensador é remover as cinzas, desentulhar as memorias sepultadas lá dentro, para que cada um descubra este fogo que, às vezes, é um vulcão que explode na alma humana.
Suspeita-se que a nível mundial, está havendo uma volta na busca desta chama interior. Todos os movimentos místicos, espirituais e esotéricos dão conta que nós não temos só uma cultura material, do trabalho, da transformação do mundo, mas estão se fazendo exigências em relação ao mundo interior, ao ser humano em toda sua dimensão espiritual. Possivelmente esta direção aponte para um novo paradigma civilizacional, isto é, uma civilização não apenas centrada na dimensão material (que nós precisamos dela para atender as demandas humanas), mas também outras demandas mais profundas que são a sede de infinito do ser humano, a sua dimensão espiritual, e o outro lado da existência. É exatamente isto que se nota de forma quase exaltada, em todas as partes do mundo.
Não podemos matar o horizonte da esperança. Podemos perder a fé e continuar vivendo, mas nunca poderemos perder a esperança por uma sociedade melhor, mais justa e mais perfeita. E a busca inicia no eu interior. Na chama que nos anima, que é nossa alma. A construção social inicia-se na construção interior, ou ainda, na redescoberta deste fogo interior que anima nossa esperança e o nosso espírito.
É essa nossa busca principal na Maçonaria.


*Texto inspirado num discurso do Frei Leonardo Boff
Clique para ler mais...